Dicas de como preparar uma kitetrip

dicas de como preparar uma kitetrip

Dicas de como preparar uma kitetrip

Está a chegar aquela altura do ano em que o vento começa a escassear, o frio a aparecer, e a vontade de fazer kite a aumentar.

winter is coming

Por aqui já se começa a ressacar por aqueles dias de verão em que se podia sair cedo do trabalho para ir para a praia aproveitar o vento térmico.

Esta é também, a altura do ano em que começamos a ver muitas pessoas a viajar para fora de Portugal. Vão para destinos paradisíacos para fazer kite e continuar a preservar o que resta do bronze de verão.

Dicas de como preparar uma kitetrip

Na in SaltyWater já todas nós temos planos para viajar este inverno.

Se vos falta inspiração ou dicas, porque não preparar uma kitetrip até ao Brasil, Zanzibar ou Cabo Verde?

O ano passado a in SaltyGirl Ana foi para Cumbuco (no Brasil), este ano vai fazer companhia à outra in SaltyGirl Sara em Zanzibar.

Ana Silva Brasil Cumbuco

A vantagem de ir para Zanzibar, é o facto de a Sara já lá estar em modo trabalho (a Sara neste momento está como gestora do Kite Center Zanzibar), e por isso, ajudou-nos a organizar tudo referente à viagem, pois já sabe de cor o que é preciso.

lightwind zanzibar

A Inês vai ficar por Cabo Verde, como já é normal, não só por ter excelentes condições para ela treinar, mas também porque se encontra com um novo projecto pessoal, a sua escola de kitesurf – Inês Correia Watersports Center!

O que deves de ter em conta quando estás a preparar uma kitetrip?

Destino

Quando organizamos uma Kitetrip, o grande objectivo da viagem é mesmo fazer Kite.

Muitos dos destinos que nos surgem no pensamento têm épocas de vento. É preciso certificarmo-nos de que vamos dentro de época e que vamos ter pelo menos alguns dias de vento.

kitetrip

Duração da viagem

Fica sempre em mente que o vento é um elemento natural e por mais que seja época de vento, se formos pouco tempo podemos ter o azar de não haver vento nessa altura.

Por isso também é importante ver quanto tempo conseguimos para a nossa viagem.

Quantos mais melhor!

 

O que fazer para além de kite

Por mais que gostemos de fazer kite também é sempre bom explorar um pouco do local onde se vai. Tentar perceber o que há para visitar e fazer é algo que pode melhorar em muito a nossa viagem.

Atividades como snorkeling, mergulho, passeios de barco, visitas culturais estão muito associadas a spots de kite. Conhecer a cultura e um pouco da vivência dos locais é algo muito positivo que se pode tirar neste tipo de viagens

        

Avião

Escalas

Dicas de como preparar uma kitetrip

Quando são viagens grandes tens de ter em conta se vais ou não fazer escalas.

Quanto menos trocas de avião houver melhor, principalmente entre voos de diferentes companhias.

Por vezes, a diferença de preço é de poucos euros,  entre um voo com uma escala e um voo com imensas escalas que demora muitas horas, o que não compensa de todo. Perdemos mais tempo em viagem do que a aproveitar o sítio, já para não falar que as bagagem podem ficar perdidas em alguma dessas escalas.

Também convém ter em atenção o tempo entre voos na escala.

Se a escala for muito curta, a bagagem pode não seguir no mesmo avião que tu, criando sempre o pânico, pois nunca sabes até que ponto vêm noutro avião ou se ficou perdida algures.

As escalas também podem ser um acréscimo muito interessante às nossas viagens.

Ver onde é a escala e de quanto tempo, pode-se tornar numa espécie de escapadela cultural.

Muitas das vezes que a Sara vai para Zanzibar passa pelo Dubai, e como as escalas normalmente são grandes já conseguiu aproveitar para conhecer muito deste emirado.

Em escalas maiores existem algumas companhias que fornecem um tour à cidade e até mesmo um hotel para ficarem.

A Turkish Airlines é uma dessas companhias.

A Sara quando viajou entre o Egipto e Zanzibar teve uma escala de 12h na qual lhe forneceram hotel, isto sem quaisquer custos.

A Ana quando for para Zanzibar em Janeiro irá também pela Turkish Airlines e certamente na sua escala de 23h poderá ter direito a hotel e ainda passear pela belíssima cidade de Istambul.

 

Boardbag

Dicas de como preparar uma kitetrip

Temos de ter em atenção se as companhias são nossas amigas no que toca ao boardbag. Muitas companhias exigem que pagues pelo teu boardbag. De repente, uma viagem que até parecia barata sai mais cara de uma forma parva. Por isso, nada como te certificares antes juntamente com a tua companhia aérea.

 

Alojamento

Se fores ficar muitos dias, não perdes nada em enviar email directo para os hóteis e guesthouses, para perceber se existe algum tipo de abertura para um desconto.

Ou, mesmo até, alugar uma casa em vez de ficares num hotel pode ser uma solução muito vantajosa.

Certifica-te de onde irá ficar o hotel, se estiver muito longe da praia onde vais fazer kite, podes ter de ter gastos superiores por teres de alugar carro, ou táxi. Uma despesa extra que poderá não compensar se escolher um alojamento mais perto do teu spot.

Muitas vezes, as agências de viagem arranjam-nos pacotes com avião e estadia, no entanto, isso poderá sair mais caro, pois os hóteis com quem têm acordos podem ser mais luxuosos, do que na realidade nos interessa. Ou simplesmente, não se encontrarem nos destinos que nós mais gostamos. Destino de Kite pode não ser sinónimo de a melhor praia para férias paradisíacas. Ir para uma praia com muito vento, não é propriamente a primeira escolha para o comum dos mortais não praticantes de kitesurf 😛

Sem ser por agências de viagem, podes sempre, adicionar-te a grupos de facebook de kite da zona, ver o air bnb, ou até mesmo kite bnb (uma comunidade como no air bnb mas específico para kitesurfistas).

Troca emails com escolas de Kitesurf no local  pois, por vezes, têm parcerias com hotéis. Também é útil confirmar se a  informação dada pelos hotéis, relativamente à proximidade com o spot, é realmente correcta.

 

Alimentação

Se fores com o intuito de kite e se fores como nós acabas por não comer assim tanto ao almoço, bastando ir com um regime de meia pensão (pequeno-almoço e jantar).

Um bom pequeno-almoço reforçado é o suficiente para passar uma boa manhã. O almoço pode ser algo mais leve e nutritivo, pois fazer kite com a barriga muito cheia também não é o melhor feeling por causa do arnês.

Depois o jantar, é o manjar do guerreiro, se ainda tiveres forças para isso. Por vezes, o cansaço é tanto que até para comer temos preguiça 😛

 

Mala de Viagem

Levar ou não kites?

Tenta informar-te nas escolas de aluguer de material de kite qual o preço do mesmo. Poderá ou não compensar alugar, do que trazer contigo o material.

Tens de adaptar a tua bagagem ao local para onde vais.

Tenta perceber que tipo de vento irás encontrar no teu destino.

Um site que costumo usar para ter uma estimativa dos kites que tenho de levar é o Bstocked, lá podes observar a probabilidade da existência de vento, nos meses em que vais viajar. Nada como também uma pesquisa no google não te ajude a descobrir.

Por exemplo, sítios como o Brasil e Cabo Verde no nosso Inverno (inverno de Portugal), são por norma sítios muito ventosos. Talvez não haja a necessidade de levar kites grandes. No entanto, sítios como Zanzibar em que o vento é mais “soft” talvez precise de kites maiores para garantir que vais andar.

 

Documentação

Dicas de como preparar uma kitetrip

Certificar-te que tens o passaporte em dia e que tomas todas as vacinas necessárias para o país de eleição.

Dependendo do país em que se viaja, por vezes convém marcar uma consulta do viajante para se perceber que tipo de vacinas e cuidados devemos ter. Nessa consulta levas a vacinação necessária para o país e também a receita para algum tipo de medicamento necessário.

Resumidamente:

  • Verificar se pagas mais pelo boardbag
  • Ter em atenção ao local de onde vais ficar
  • Escolher o regime de alimentação mais apropriado.
  • Seleccionar apropriadamente os kites que vais levar contigo
  • Documentação e saúde tudo em dia para que nada te corra mal e fiques por terra
  • Depois é só levar a boa disposição contigo!

Tens mais alguma dica para ter em conta na altura de escolher o teu próximo destino de kite?

Partilha connosco!

Deixe uma resposta